A advocacia
que faz a diferença

confiança | conhecimento | determinação

A advocacia
que faz a diferença

confiança | conhecimento | determinação

Sobre nós

um projecto ambicioso

João Massano
Advogado

Após 22 anos de exercício da Advocacia em prática societária, decidi dar início a um novo projeto, em nome próprio, como Advogado em prática individual.

Decidi explorar outras abordagens da profissão, autonomizar a minha prática e conciliar melhor o meu trabalho com a experiência e o contacto com a Classe, algo que me é muito grato e que se tornou ainda mais prioritário desde que fui eleito presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados.

A Advocacia em prática individual não significa isolamento.

Com efeito, sempre defendi que os Advogados se devem unir e esquecer as suas diferenças, pois o que nos une será sempre mais do que aquilo que nos divide. Unidos e colaborando na resolução dos problemas dos nossos Clientes, prestaremos, seguramente, um melhor serviço ao Cidadão.

O resultado das parcerias pontuais que venho estabelecendo com outros Colegas tem sido benéfico para todas as partes: para mim, para os Colegas com quem trabalho e, sobretudo, para o Cliente, que vê assegurado um serviço eficiente e completo.

Assim, é possível oferecer aos Clientes um serviço multidisciplinar, vocacionado para prestar serviços de Advocacia quer a particulares, quer a empresas e instituições.
Esta vontade de explorar outras abordagens da profissão, de autonomizar a sua prática e de materializar um serviço com uma abordagem diferente, mais personalizada e próxima do Cliente, desmistificando a figura e a prática do Advogado.
O objetivo é prestar ao Cliente um serviço de confiança, usando o conhecimento adquirido com a determinação de apresentar caminhos e soluções viáveis e adequadas a cada caso. Consulte os nossos Serviços ou contacte-nos para saber mais.

Os nossos valores

Empatia

O exercício em prática individual permite
uma relação mais próxima e personalizada
entre o Advogado e o Cliente.

Confiança

Defendemos a Confiança como princípio básico e fundamental da nossa prática, aliada à Ética pessoal e profissional.

Conhecimento

Pomos ao serviço do Cliente o nosso património de
Conhecimento e a nossa experiência acumulada,
para garantir as melhores soluções para cada caso.

Determinação

Trabalhamos com Determinação para prestar o melhor serviço a cada Cliente, independentemente da sua importância ou dimensão.

Equipa

João Massano
Advogado
Kaira Cavaliere
Assistente de Direção

Parcerias

Badaró e De Luca
Sociedade de Advogados Brasileira
Nicola Cosentino
Advogado

Últimas do Instagram

Agradeço a S. Exa. a Senhora Secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Dra. Maria Clara Figueiredo, pela oportunidade de apresentar cumprimentos e abordar matérias fundamentais para garantir a dignidade da profissão e o acesso à justiça pelos cidadãos.

O Conselho Regional de Lisboa continuará empenhado em defender os interesses dos advogados e contribuir para uma justiça mais eficiente e acessível.

_________________________________________________

“A Secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Maria Clara Figueiredo, recebeu o Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados.
Entre as preocupações trazidas por João Massano estão a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores, os estágios profissionais dos advogados e as modalidades de apoio ao Direito."

#Justiça 

📷 Emerson Coutinho | StopMotion

Agradeço a S. Exa. a Senhora Secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Dra. Maria Clara Figueiredo, pela oportunidade de apresentar cumprimentos e abordar matérias fundamentais para garantir a dignidade da profissão e o acesso à justiça pelos cidadãos.

O Conselho Regional de Lisboa continuará empenhado em defender os interesses dos advogados e contribuir para uma justiça mais eficiente e acessível.

_________________________________________________

“A Secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Maria Clara Figueiredo, recebeu o Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados.
Entre as preocupações trazidas por João Massano estão a Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores, os estágios profissionais dos advogados e as modalidades de apoio ao Direito."

#Justiça

📷 Emerson Coutinho | StopMotion

84 2
Caros Colegas e Amigos,

É com profunda gratidão que me dirijo a todos vós. 

O vosso apoio e solidariedade face aos recentes desafios que a nossa nobre profissão tem enfrentado tocaram-me de uma forma que as palavras dificilmente podem expressar.

A resposta ao meu post sobre o "Ataque à Advocacia" foi verdadeiramente avassaladora. 

As inúmeras mensagens de apoio que recebi - pessoalmente, por SMS, através de mensagens privadas e publicamente nas redes sociais - não só me comoveram profundamente, mas também reafirmaram a força inquebrável da nossa União.

Este apoio transcendeu o incidente recente. 

Ao longo dos últimos meses, tenho sentido o vosso suporte constante em várias situações desafiadoras, incluindo quando a notícia da participação disciplinar contra mim, feita pelo Conselho Geral no Conselho Superior, se tornou pública.

A vossa solidariedade tem sido um farol de esperança e determinação. 

Cada palavra de encorajamento, cada gesto de apoio, tem reforçado a importância da nossa missão e de permanecermos unidos face às adversidades.

Peço desculpa por não ter conseguido responder individualmente a cada uma das vossas mensagens e comentários. A quantidade de manifestações de apoio foi tão significativo que, infelizmente, não me foi possível fazê-lo. 

No entanto, quero que saibam que li cada mensagem e cada comentário com atenção e profunda gratidão, e que cada um deles me tocou profundamente.

O vosso apoio não só me conforta pessoalmente, mas também fortalece a minha determinação em continuar a lutar pela dignidade da nossa profissão e pelos direitos fundamentais dos cidadãos. 

A vossa solidariedade é um testemunho vivo da força da nossa classe e da importância dos valores que defendemos.

Juntos, continuaremos a defender incansavelmente o sigilo profissional, a independência da Advocacia e o Estado de Direito. 

A vossa confiança e apoio são pilares fundamentais nesta luta que é de todos nós.

Mais uma vez, o meu mais sincero e profundo agradecimento a cada um de vós. 

A vossa amizade e solidariedade são um tesouro inestimável que guardarei sempre com o maior apreço.

Com gratidão e um forte abraço,

João Massano

Caros Colegas e Amigos,



É com profunda gratidão que me dirijo a todos vós.



O vosso apoio e solidariedade face aos recentes desafios que a nossa nobre profissão tem enfrentado tocaram-me de uma forma que as palavras dificilmente podem expressar.



A resposta ao meu post sobre o "Ataque à Advocacia" foi verdadeiramente avassaladora.



As inúmeras mensagens de apoio que recebi – pessoalmente, por SMS, através de mensagens privadas e publicamente nas redes sociais – não só me comoveram profundamente, mas também reafirmaram a força inquebrável da nossa União.



Este apoio transcendeu o incidente recente.



Ao longo dos últimos meses, tenho sentido o vosso suporte constante em várias situações desafiadoras, incluindo quando a notícia da participação disciplinar contra mim, feita pelo Conselho Geral no Conselho Superior, se tornou pública.



A vossa solidariedade tem sido um farol de esperança e determinação.



Cada palavra de encorajamento, cada gesto de apoio, tem reforçado a importância da nossa missão e de permanecermos unidos face às adversidades.



Peço desculpa por não ter conseguido responder individualmente a cada uma das vossas mensagens e comentários. A quantidade de manifestações de apoio foi tão significativo que, infelizmente, não me foi possível fazê-lo.



No entanto, quero que saibam que li cada mensagem e cada comentário com atenção e profunda gratidão, e que cada um deles me tocou profundamente.



O vosso apoio não só me conforta pessoalmente, mas também fortalece a minha determinação em continuar a lutar pela dignidade da nossa profissão e pelos direitos fundamentais dos cidadãos.



A vossa solidariedade é um testemunho vivo da força da nossa classe e da importância dos valores que defendemos.



Juntos, continuaremos a defender incansavelmente o sigilo profissional, a independência da Advocacia e o Estado de Direito.



A vossa confiança e apoio são pilares fundamentais nesta luta que é de todos nós.



Mais uma vez, o meu mais sincero e profundo agradecimento a cada um de vós.


A vossa amizade e solidariedade são um tesouro inestimável que guardarei sempre com o maior apreço.


Com gratidão e um forte abraço,


João Massano

94 5
"Numa mensagem enviada ao advogado, à qual a Lusa teve acesso, o presidente do Conselho Regional de Lisboa (CRL) da OA, João Massano, lembrou que "o sigilo profissional é um pilar fundamental da advocacia portuguesa".

 https://www.dn.pt/3194921135/advogado-da-mae-das-gemeas-entrega-parecer-da-ordem-a-comissao-que-justifica-sigilo/

"Numa mensagem enviada ao advogado, à qual a Lusa teve acesso, o presidente do Conselho Regional de Lisboa (CRL) da OA, João Massano, lembrou que "o sigilo profissional é um pilar fundamental da advocacia portuguesa".

https://www.dn.pt/3194921135/advogado-da-mae-das-gemeas-entrega-parecer-da-ordem-a-comissao-que-justifica-sigilo/

88 1
ATAQUE À ADVOCACIA

Caros Colegas,

Esta semana, a nossa nobre profissão foi alvo de um ataque sem precedentes!

Na qualidade de Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, fui ameaçado com um processo criminal simplesmente por cumprir o meu dever. 

Um juiz ameaçou-me com desobediência por invocar o sigilo profissional e pedir escusa de depoimento.

Obviamente e em conformidade com o dever de sigilo profissional, abstive-me de prestar depoimento. Consequentemente, foi ordenado pelo Juiz que fosse extraída certidão para efeitos de procedimento criminal!

O sigilo profissional é o coração da Advocacia. 

Sem ele, não há confiança, não há justiça, não há Estado de Direito! 

Está em jogo a própria essência da nossa profissão e os direitos de todos os Cidadãos que representamos.

Infelizmente, este não é um caso isolado. 

Episódios semelhantes têm ocorrido em outros tribunais, envolvendo outros Colegas Advogados. 

Esta situação é intolerável e exige uma resposta firme e unida da nossa parte. 

Os Advogados têm de ser respeitados e impor esse respeito, não aceitando situações de desrespeito. 

Todos fazemos parte do Tribunal e somos essenciais para a realização da Justiça.

Lutaremos com todas as nossas forças! 

Não podemos permitir que intimidem os Advogados e esmaguem os direitos dos Cidadãos.

Hoje sou eu, amanhã pode ser qualquer um de vós. 

A nossa união é a nossa força!

Juntos, defenderemos a dignidade da Advocacia e o direito de todos a uma representação independente e justa, sem medos!

#DefendaAAdvocacia #SigiloProfissionalÉSagrado #JuntosSomosMaisFortes

ATAQUE À ADVOCACIA

Caros Colegas,

Esta semana, a nossa nobre profissão foi alvo de um ataque sem precedentes!

Na qualidade de Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, fui ameaçado com um processo criminal simplesmente por cumprir o meu dever.

Um juiz ameaçou-me com desobediência por invocar o sigilo profissional e pedir escusa de depoimento.

Obviamente e em conformidade com o dever de sigilo profissional, abstive-me de prestar depoimento. Consequentemente, foi ordenado pelo Juiz que fosse extraída certidão para efeitos de procedimento criminal!

O sigilo profissional é o coração da Advocacia.

Sem ele, não há confiança, não há justiça, não há Estado de Direito!

Está em jogo a própria essência da nossa profissão e os direitos de todos os Cidadãos que representamos.

Infelizmente, este não é um caso isolado.

Episódios semelhantes têm ocorrido em outros tribunais, envolvendo outros Colegas Advogados.

Esta situação é intolerável e exige uma resposta firme e unida da nossa parte.

Os Advogados têm de ser respeitados e impor esse respeito, não aceitando situações de desrespeito.

Todos fazemos parte do Tribunal e somos essenciais para a realização da Justiça.

Lutaremos com todas as nossas forças!

Não podemos permitir que intimidem os Advogados e esmaguem os direitos dos Cidadãos.

Hoje sou eu, amanhã pode ser qualquer um de vós.

A nossa união é a nossa força!

Juntos, defenderemos a dignidade da Advocacia e o direito de todos a uma representação independente e justa, sem medos!

#DefendaAAdvocacia #SigiloProfissionalÉSagrado #JuntosSomosMaisFortes

339 39
A Importância do Sigilo Profissional na Advocacia: Esclarecimentos sobre o “Caso das Gémeas”

Como Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, é meu dever esclarecer a situação relativa ao sigilo profissional invocado pelo Advogado da mãe das gémeas na comissão parlamentar de inquérito.

O sigilo profissional é um pilar fundamental da Advocacia portuguesa. 

Não se trata de um mero privilégio, mas de uma obrigação ética e legal que protege a relação de confiança entre Advogado e Cliente, essencial para o bom funcionamento da Justiça.

No caso em apreço, é importante sublinhar que o Advogado está vinculado ao dever de guardar segredo sobre todos os factos de que tenha tomado conhecimento no âmbito da sua atividade profissional. 

Esta situação serve para reafirmar a importância fundamental do sigilo profissional no exercício da Advocacia em Portugal. 

É um princípio que continuaremos a defender intransigentemente, em prol da integridade da nossa profissão e do sistema judicial no seu todo.

A Importância do Sigilo Profissional na Advocacia: Esclarecimentos sobre o “Caso das Gémeas”

Como Presidente do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados, é meu dever esclarecer a situação relativa ao sigilo profissional invocado pelo Advogado da mãe das gémeas na comissão parlamentar de inquérito.



O sigilo profissional é um pilar fundamental da Advocacia portuguesa.



Não se trata de um mero privilégio, mas de uma obrigação ética e legal que protege a relação de confiança entre Advogado e Cliente, essencial para o bom funcionamento da Justiça.



No caso em apreço, é importante sublinhar que o Advogado está vinculado ao dever de guardar segredo sobre todos os factos de que tenha tomado conhecimento no âmbito da sua atividade profissional.



Esta situação serve para reafirmar a importância fundamental do sigilo profissional no exercício da Advocacia em Portugal.



É um princípio que continuaremos a defender intransigentemente, em prol da integridade da nossa profissão e do sistema judicial no seu todo.

62 6
"A verdadeira sabedoria consiste em saber quando lutar e quando não lutar."
Sun Tzu

"A verdadeira sabedoria consiste em saber quando lutar e quando não lutar."
Sun Tzu

23 3
Esta não é a Ordem que quero!

Foi com tristeza que li os recentes comentários acerca de um artigo de opinião meu que saiu esta semana.

Nunca na nossa Ordem assistimos a este tipo de comportamentos, que passam por insultos, estímulos ao insulto e desinformação por parte de membros do Conselho Geral.

Temos uma Ordem que:

- Humilha e insulta outros órgãos quando discordam das suas posições 

- Convida à humilhação e insulto contra esses órgãos 

- Manipula e distorce factos e informações

- Veicula desinformação a propósito das opiniões e posições assumidas por outros órgãos 

- Participa disciplinarmente de outros órgãos 

- Divide gerações

- Assembleias Gerais marcadas por interrupções constantes por membros do Conselho Geral

- Procura condicionar a atividade de outros órgãos participando nas suas reuniões plenárias

- Procura impor a lei da rolha aos outros órgãos e aos seus membros, limitando a liberdade de expressão nas suas redes sociais

Esta não é a Ordem que quero!

Quem desejar ler o artigo em causa pode ler em https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/cpas-ou-seguranca-social-um-debate-essencial-para-o-futuro-da-advocacia-em-portugal/

Esta não é a Ordem que quero!

Foi com tristeza que li os recentes comentários acerca de um artigo de opinião meu que saiu esta semana.

Nunca na nossa Ordem assistimos a este tipo de comportamentos, que passam por insultos, estímulos ao insulto e desinformação por parte de membros do Conselho Geral.

Temos uma Ordem que:

– Humilha e insulta outros órgãos quando discordam das suas posições

– Convida à humilhação e insulto contra esses órgãos

– Manipula e distorce factos e informações

– Veicula desinformação a propósito das opiniões e posições assumidas por outros órgãos

– Participa disciplinarmente de outros órgãos

– Divide gerações

– Assembleias Gerais marcadas por interrupções constantes por membros do Conselho Geral

– Procura condicionar a atividade de outros órgãos participando nas suas reuniões plenárias

– Procura impor a lei da rolha aos outros órgãos e aos seus membros, limitando a liberdade de expressão nas suas redes sociais

Esta não é a Ordem que quero!

Quem desejar ler o artigo em causa pode ler em https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/cpas-ou-seguranca-social-um-debate-essencial-para-o-futuro-da-advocacia-em-portugal/

123 11
Reformas no Estágio: Democratização ou Elitização?

As recentes reformas no estágio de Advocacia em Portugal, estabelecidas para democratizar o acesso à profissão, têm gerado preocupações significativas. 

A obrigatoriedade de remuneração dos Advogados-Estagiários, embora justa em princípio, acabou por criar novas barreiras no acesso à profissão.

Muitos Advogados em prática individual, que representam mais de 80% da Advocacia no país, não têm condições financeiras para pagar a remuneração imposta legalmente. 

Esta realidade limita o acesso à profissão, contradizendo a intenção de democratização. 

Urge reavaliar estas políticas para garantir um verdadeiro equilíbrio entre justiça e acessibilidade na Advocacia.

Ler artigo em: https://cnnportugal.iol.pt/advocacia/joao-massano/joao-massano-entre-a-intencao-de-democratizacao-e-a-realidade-de-elitizacao-reformas-no-estagio-para-advogado/20240611/666864cfd34ebf9bbb3e830d

#ReformasNoEstágio #AdvocaciaPortugal #Democratização #Elitização #AcessoÀProfissão #JustiçaSocial #RemuneraçãoEstagiários #AdvogadosEstagiários #PolíticasDeEstágio #EquilíbrioNaAdvocacia #DesafiosNaAdvocacia #AdvocaciaIndividual #BarreirasProfissionais #ReavaliarPolíticas #JustiçaEAcessibilidade #joãomassano #cnn

Reformas no Estágio: Democratização ou Elitização?

As recentes reformas no estágio de Advocacia em Portugal, estabelecidas para democratizar o acesso à profissão, têm gerado preocupações significativas.

A obrigatoriedade de remuneração dos Advogados-Estagiários, embora justa em princípio, acabou por criar novas barreiras no acesso à profissão.

Muitos Advogados em prática individual, que representam mais de 80% da Advocacia no país, não têm condições financeiras para pagar a remuneração imposta legalmente.

Esta realidade limita o acesso à profissão, contradizendo a intenção de democratização.

Urge reavaliar estas políticas para garantir um verdadeiro equilíbrio entre justiça e acessibilidade na Advocacia.

Ler artigo em: https://cnnportugal.iol.pt/advocacia/joao-massano/joao-massano-entre-a-intencao-de-democratizacao-e-a-realidade-de-elitizacao-reformas-no-estagio-para-advogado/20240611/666864cfd34ebf9bbb3e830d

#ReformasNoEstágio #AdvocaciaPortugal #Democratização #Elitização #AcessoÀProfissão #JustiçaSocial #RemuneraçãoEstagiários #AdvogadosEstagiários #PolíticasDeEstágio #EquilíbrioNaAdvocacia #DesafiosNaAdvocacia #AdvocaciaIndividual #BarreirasProfissionais #ReavaliarPolíticas #JustiçaEAcessibilidade #joãomassano #cnn

51 6
A Pressão da Felicidade

Vivemos numa era em que a sociedade, em geral, e as redes sociais, em especial, impõem uma pressão constante para aparentar felicidade e sucesso em todas as áreas das nossas vidas. 

Todos procuram evitar a tristeza, pois esta é frequentemente vista como uma fraqueza ou mesmo uma doença. 

No entanto, é importante lembrar que a tristeza é uma emoção natural e inevitável na vida humana.

A citação de Gabor Maté destaca a importância de lidar com emoções difíceis de forma saudável, em vez de tentar evitá-las ou mascará-las com uma fachada de felicidade. 

As redes sociais, com as suas imagens perfeitas e momentos felizes incessantes, podem levar-nos a acreditar que ser feliz o tempo todo é o objetivo final, mas isso é irrealista e insustentável.

É fundamental reconhecer que todas as emoções, incluindo a tristeza, têm um papel importante no nosso bem-estar emocional.

A tristeza não é sinónimo de depressão ou doença; é uma resposta natural a certas situações da vida, como perdas, desilusões e desafios. 

Aprender a lidar com a tristeza e outras emoções difíceis de maneira saudável é fundamental para uma verdadeira saúde mental.

Ao invés de tentar parecer sempre felizes, devemos cultivar a autenticidade e aceitar todas as nossas emoções. 

Devemos encorajar um ambiente onde é permitido sentir e expressar tristeza, sem medo de julgamentos. 

“Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão.” Carl Jung

A Pressão da Felicidade

Vivemos numa era em que a sociedade, em geral, e as redes sociais, em especial, impõem uma pressão constante para aparentar felicidade e sucesso em todas as áreas das nossas vidas.

Todos procuram evitar a tristeza, pois esta é frequentemente vista como uma fraqueza ou mesmo uma doença.

No entanto, é importante lembrar que a tristeza é uma emoção natural e inevitável na vida humana.

A citação de Gabor Maté destaca a importância de lidar com emoções difíceis de forma saudável, em vez de tentar evitá-las ou mascará-las com uma fachada de felicidade.

As redes sociais, com as suas imagens perfeitas e momentos felizes incessantes, podem levar-nos a acreditar que ser feliz o tempo todo é o objetivo final, mas isso é irrealista e insustentável.

É fundamental reconhecer que todas as emoções, incluindo a tristeza, têm um papel importante no nosso bem-estar emocional.

A tristeza não é sinónimo de depressão ou doença; é uma resposta natural a certas situações da vida, como perdas, desilusões e desafios.

Aprender a lidar com a tristeza e outras emoções difíceis de maneira saudável é fundamental para uma verdadeira saúde mental.

Ao invés de tentar parecer sempre felizes, devemos cultivar a autenticidade e aceitar todas as nossas emoções.

Devemos encorajar um ambiente onde é permitido sentir e expressar tristeza, sem medo de julgamentos.

“Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão.” Carl Jung

61 3

Últimos do Youtube

 

Opinião

Porque tantos casos de abusos na Igreja são arquivados?

Associações públicas profissionais: que caminho?

Juíza obriga agressor a jantar com a vítima

Morada

Av. António Augusto de Aguiar, n.º 88, 6º 1050-018 Lisboa — Portugal

Telefone

+(351) 215 894 616

E-mail

geral@jmassano.pt

Envie uma mensagem

    João Massano tem o Registo nº 13.513 L na Ordem dos Advogados. Não são autorizadas cópias, por qualquer forma, dos conteúdos do website jmassano.pt, incluindo textos e fotografias. Os referidos conteúdos do website jmassano.pt estão legalmente protegidos (Direito de Autor). Nos termos do artigo 94º do Estatuto da Ordem dos Advogados, pretende-se divulgar a atividade profissional de João Massano, no rigoroso respeito dos deveres deontológicos, do segredo profissional e das normas legais sobre publicidade e concorrência. A informação aqui constante não constitui, assim, publicidade direta, nem visa a angariação comercial de clientes.

     

    João Massano has the Register no. 13.513 L in the Bar Association. Contents of the website jmassano.pt are not authorized, in any way, including texts and photographs. The mentioned contents of the website jmassano.pt are legally protected (Copyright). In accordance with article 94 of the Statute of the Bar Association, is entendent to release the professional activity of João Massano, in strict compliance with deontological duties, professional secrecy and the legal rules on advertising and competition. The information contained herein does not constitute direct advertising, nor is it intended to attract commercial clients.

     

     

    Agende Atendimento!